quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

PEQUENA SERENATA NOTURNA (sobre a canção "Pequeña Serenata Diurna", de Sílvio Rodriguez)

"Vivo en un país libre
Qual solamente puede ser libre
En esta tierra, en este instante
Y soy feliz porque soy gigante"
(Sílvio Rodriguez)




Vivo a minha liberdade
Porque posso ser livre no meu País
Na minha terra a todo instante
E sou um gigante porque sou feliz

Amo uma mulher brasileira
Que me ama me dando tudo
Sem que eu peça nada
E eu me sinto igual a ela
E ela se sente igual a mim


E quando ela me quer mais
Tenho meus versos minha palavra verdadeira
Para despertá-la a qualquer hora
Porque sou o seu homem
Porque sou o seu tempo


Sou feliz sou um homem feliz
E não quero que me perdoem
Os que não sabem o que é felicidade


Juareiz Correya

(Recife, PE, madrugada,
6/janeiro/2011)


________________________________
PEQUEÑA SERENATA DIURNA,
de Sílvio Rodriguez /
com Chico Buarque
- LP, Rio (RJ), 1978

Nenhum comentário:

Postar um comentário