domingo, 12 de maio de 2013

MENSAJE DE LOS QUE VAN A MORIR, de Juareiz Correya (Tradução de Héctor Pellizzi)






Señores del Mundo,
hermanos de la Guerra, 
dioses del Holocausto,
poderosos proprietarios del Arsenal Atômico
que apagará los milênios
y destruirá la Tierra cien veces !
Gobernantes, 
bestias-feras suicidas, 
con sus Estados Unidos,
sus Rusias, sus Chinas, 
sus Organizadas Naciones Unidas :
el Apocalipsis no tiene dia seguinte,
y para que todas las vidas de la Tierra
- al alcance de sus maquinaciones -
sean destruidas,
basta programar el Fin Nuclear 
UNA UNICA VEZ.



______________________________________________
Tradução do poema "Mensagem dos que vão morrer",
de Juareiz Correya, publicado no livro 
AMERICANTO AMAR AMÉRICA
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20
- Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010

quarta-feira, 1 de maio de 2013

CORAÇÃO PORTÁTIL : "ABISSAL"




"é tão curta a distância
entre o sim e o não..."
(Bertolt Brecht)
 
 
 
não existe nenhuma distância
entre o sim e o não,
o direito e o esquerdo,
o sagrado e o profano,
o dia e a noite,
a vida e a morte.
e por que esse abismo 
entre o homem e a mulher,
ricos e pobres,
Deus e o Diabo,
Céu e Terra, 
Existência e Eternidade ?
 
 
 
 
(Do ebook CORAÇÃO PORTÁTIL,
de Juareiz Correya 
- Emooby Pubooteca, Portugal, 2011)