terça-feira, 7 de janeiro de 2014

50 ANOS DO GOLPE MILITAR DE 1964






Esta é uma data para ser lembrada mesmo. 
Para que não se repita nunca mais ! 
Leiam e releiam livros. 
Vejam e revejam filmes. 
Escutem mais uma vez as canções que enfrentaram os canhões... 
Essa história já está bem contada mas é preciso que se conte mais. 
Que se abram as cadeias que ainda existem. 
Que se levantem as vozes ainda sufocadas e silenciadas. 
Que nunca mais, no Brasil, a noite seja tão longa, tenebrosa e criminosa.  
E todo autoritarismo, toda ação ditatorial,  jamais volte a viver na nossa terra.   



JUAREIZ CORREYA

(Recife, janeiro de 2014)