quarta-feira, 22 de setembro de 2010

NÃO EXISTEM "BLOGS SUJOS". O QUE EXISTE É A SUJEIRA DE SERRA

Uma frase desrespeitosa, carregada de preconceito e de mal-disfarçada raiva, pronunciada pelo candidato da Oposição-ao-Povo, representante do demotucanato-à-direita-volver José Serra (entre as muitas descabidas que tem dito), provocou imediata e forte reação crítica dos internautas, sobretudo dos blogueiros : acusava os blogs e sites que apoiam a candidata a Presidente Dilma Rousseff (PT), de "blogs sujos, semi-oficiais". A reação, assumida em uma campanha autodenominada de BLOG SUJO - Eu apoio "Blog Sujo". Entre também na campanha contra a mídia limpinha. Pegue o seu selo. -, viabilizou um clipping na Internet permitindo, instantaneamente, que os blogueiros e tuiteiros simpatizantes aderissem, numa clara manifestação da indignação de todos, levando na troça o troço da fala ruinosa e antidemocrática do já citado candidato.

Tudo bem com os internautas, blogueiros e tuiteiros do Brasil. Mas que sujeira é essa da denúncia policialesca do candidato José Serra ? Os blogs (seguidos dos tuites) representam o meio mais democrático da comunicação no Brasil e no Mundo. E atuam, quando assumem os seus verdadeiros perfis - neste caso, jornalísticos e políticos - de uma forma mais precisa e honesta do que os jornais e revistas da "Grande Imprensa" ou do PIG (o PIG-Partido da Oposição Golpista e o Serra são a mesma coisa, já alertou Paulo Henrique Amorim) em suas edições impressas e digitais, e também superam as redações de Rádios e de TVs.

Perdido, abatido e infeliz (está na cara), o golpista demotucano da Oposição-ao-Povo não tem discurso, palanque, "Minas não há mais, José, e agora ?"

Aliás, não há Minas, nem São Paulo, nem Brasília. Nenhuma região brasileira apóia a sua campanha suja, carregada de mentiras, calúnias e preconceitos contra a mulher brasileira em geral, nos seus ataques desrespeitosos e às cegas contra a candidata Dilma Rousseff.

Esse candidato orgulhoso e pretensioso ("O senhor não é melhor do que ninguém", disse-lhe, corajosamente, Dilma, em um debate televisivo), que fez da Prefeitura de São Paulo e do Governo do Estado de São Paulo os seus trampolins, enganando os eleitores paulistas, vai voltar, em outubro próximo, para a planície-pé-no-chão da vida de todos os brasileiros. Mas é um homem inteligente e privilegiado, tem mesmo o seu valor (tristemente "desvalorizado" nessa campanha ambiciosa e grotesca). Pode voltar à política... Quem sabe não começaria tudo outra vez no seu bairro paulistano, como presidente da Associação local ? (Juareiz Correya)

Nenhum comentário:

Postar um comentário