domingo, 1 de janeiro de 2012

AOS HOMENS

As mulheres não entram na tua vida,
como um raio de sol,
um acontecimento inesperado,
uma pedrada.
Já pertencem a ela, integram a tua vida
como o teu sangue, tua naturalidade,
tua terra.
Elas não são parte do teu destino
como uma dádiva de Deus.
As mulheres são o que tu crias
e a perfeição humana
do teu barro.
Existem como encanto e tragédia
e jamais viverás
sem que elas respirem
e te pronunciem.


Teu nome só existe
porque a mulher te identifica.



(Palmares, junho / 2004)

Nenhum comentário:

Postar um comentário