segunda-feira, 2 de maio de 2016

A "EDIÇÕES PIRATA" E A AÇÃO SOLIDÁRIA DO ESCRITOR JACI BEZERRA (3)




PIRATAS DO BRASIL ATACAM ! 
(Revista POESIA, capa. Número 6 
- Recife, PE, Janeiro / Fevereiro, 1981)



     Neste número especial, inteiramente dedicado ao movimento editorial Edições Pirata, do Recife, a Revista POESIA, da Nordestal Editora, também recifense, realizou uma produção reconhecidamente antológica : reuniu 53 autores, lançados pela Pirata, como uma espécie de síntese de toda a produção editorial que o grupo pernambucano empreendia no Estado para espanto cultural do Brasil.  

     Na apresentação dessa edição da Revista POESIA, afirmamos : 

     "Em pouco mais de um ano de atividade, a "Edições Pirata", aqui no Recife, publicou quase uma centena de livros, incluindo em sua maioria títulos de poesia, seguidos de contos, ensaios, crônicas, novelas e desenhos.  Um número muito significativo - em que pese a pequena tiragem das obras - para uma região que sabemos de grande carência editorial. Sem preconceito, aberta a todas as tendências, a "Edições Pirata" tem publicado autores desde os oito meses até os oitenta anos de vida literária."  

     E, mais adiante, registramos : 

     "Para o poeta Jaci Bezerra, se o escritor brasileiro se despir da vaidade do desejo de ser estrela, pode produzir o seu próprio livro. Não interessa à Pirata - declara Jaci Bezerra - o choro e as lamentações dos que ficam rondando, originais debaixo do braço, os muros das editoras e das instituições oficiais. Nem interessa à Pirata, enquanto literatura em movimento, as afirmações dos que dizem que bom mesmo é ser publicado, em policromia, pelas editoras do sul-maravilha.  A Pirata se propõe, de fato, a ser uma alternativa editorial para os escritores brasileiros, como forma de resistência cultural independente, e independente de sectarismos e gerações."

     Neste antológico número 6, a Revista POESIA  publicou poemas destes autores, lançados em livros pela Edições Pirata :

     Celina de Holanda, Arnaldo Tobias, Alberto Cunha Melo, Domingos Alexandre, Almir Castro Barros, Montez Magno, Sérgio Bernardo, Janice Japiassu, Maria da Paz Ribeiro Dantas, Vanêde Nobre, Paulo Gustavo, Antonio de Campos, Maria do Carmo Barreto Campello de Mello, Severino Filgueira, Juareiz Correya, José Mário Rodrigues, José Rodrigues de Paiva, Myriam Brindeiro, Idel Marinho, Odete Vasconcelos, Orley Mesquita, Francisco Bernardes Lacerda, Raul Lody, Benedito Cunha Melo, Iracema Rodrigues, Bartyra Soares, Fernando Monteiro, Gamaliel Perruci, Gilberto Freyre, Rubem Braga, Ascension Palácios, Wilson Rocha, Taiz Fernandes, Sanderson Negreiros, Olímpio Bonald, Marcos Cordeiro, Marcelo Mário de Melo, Manuel Constantino, Lea Tereza Lopes, José Carlos Targino, Jaci Bezerra, Eduardo Diógenes, Clodomir Monteiro, Mauro Mota, Clara Angélica, Celso Mesquita, Carlos Moreira, Suzana Brindeiro, Dirceu Quintanilha, Kátia Bento, Bráulio Tavares e Ledo Ivo.  


(Texto de JUAREIZ CORREYA  / 
 Boa Vista, Recife, 02 de maio 2016) 




Nenhum comentário:

Postar um comentário