sábado, 5 de dezembro de 2015

AMERICANTO AMAR AMÉRICA : Segunda edição do poema-título em livro lançado no Recife (1982)






AMERICANTO AMAR AMÉRICA
(capa), de Juareiz Correya. 



A segunda edição do poema Americanto Amar América  foi lançada no Recife (PE), no ano de 1982, pela Nordestal Editora.  A capa é do artista plástico pernambucano Sílvio Malinconico, com fotografia. também na contracapa, da universitária (UFPE) paulista Sílvia Helena Levy e posfácio de Jaci Bezerra. Composição de textos por Maria do Carmo Oliveira, em forma composer, com arte-final de Jerônimo Netto e supervisão gráfica de Ednaldo Gomes de Melo, Amarino Martins, Arnaldo Tobias e Sílvio Bentzen.  Impressão e acabamento na Gráfica da Editora Massangana / Fundação Joaquim Nabuco, Recife, PE.  Livro de 80 páginas, formato 14 x 21 cms., em tiragem de 1.000 exemplares.  

_____________________________________________________________
NOTA DA EDIÇÃO SOBRE "OUTROS POEMAS" : 
Juareiz Correya publicou, em 1975, o livreto Americanto Amar América & 
Outros Poemas, 24 páginas, impresso em tipografia (Gráfica Garcia, Catende, PE). 
O volume reunia o "Americanto" e estes outros poemas : "Oração de Narciso", 
(sem título), "Cantiga ao redor do teu seio",  "Toma (Cântico para Joelina"), 
"Poema para Léa",  "Canção para meninas" e "Uma fazenda no Éden ?". 
Excetuando "Pluft", "Ponte sobre águas turvas", "Do desamor berrante", 
"Canção" e "Passagem na ponte", que foram incluídos na micro-antologia 
Recity Recife. publicada pela Casa da Cultura de Pernambuco, em 1976, 
os outros poemas que completam esta parte da edição, são inéditos em livro. 

"Poema para Léa" foi musicado e gravado por Paulo Diniz (LP "Estradas", 
Emi-Odeon, Rio, 1977), com arranjos de João Donato, e gravado por 
Wanderlea (LP "Vamos que eu já vou",  Emi-Odeon, Rio, 1977) 
com arranjos de Egberto Gismonti.

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário